JEPs - Bom de Bola

Xadrez

06/07/2016

O que os atletas do xadrez fazem nas horas livres? Treinam mais um pouco

Eles são pouco mais que crianças, entre 12 e 14 anos, mas você está muito enganado se pensa que nas horas livres entre as rodadas vai encontrá-los no playground ou nas áreas de lazer do Clube de Campo Água Azul, onde acontecem as competições do xadrez da fase final dos Jogos Escolares do Paraná.

Quando não estão competindo no salão do xadrez, essa meninada ocupa as mesas ao redor do local com tabuleiros e peças. Atletas de escolas diferentes jogam juntos e constroem vínculos de amizade enquanto treinam. “Somos uma grande família”, diz o professor do Colégio Prisma de Arapongas, Kássio Barbosa. “Torcemos uns pelos outros. Somamos forças para melhorar o desenvolvimento do xadrez na região”, explica.

“Nesse período em que eles estão à toa, estão se aperfeiçoando”, diz o Professor do Colégio Anibal Khury de Iretama, Valdeni Pereira. Ele relata que os atletas treinam até nos momentos de descanso, no alojamento. Na manhã desta quarta-feira (6), enquanto aguardava seus atletas terminarem a partida de xadrez convencional por equipes, ele observava alunos de escolas diferentes treinar, dando dicas ocasionais.

O atleta João Vitor Moura, de 13 anos, está participando dos JEPs pela segunda vez, e conta que em 2015 fez muitas amizades com jogadores de Rui Barbosa. Victo Hugo Silvestre, de 12 anos, participa pela primeira vez, e já fez algumas amizades com atletas de outras cidades.

E os enxadristas que se concentram ao redor do local de competição não são apenas os que vão competir ou já competiram. Alguns jogadores da classe A dos JEPs (15 a 17 anos) e outros que ainda são muito novinhos para participar dos Jogos Escolares também estavam por ali, torcendo pelos colegas da escola e treinando com os amigos.

Ana Luíza de Melo Marconi, de 9 anos, aguardava a irmã mais velha, Maria Clara. Ela conta que gosta de acompanhar a irmã nos campeonatos para passear e jogar. Assim que atingir a idade mínima para participar dos JEPs, ela garante que vai se inscrever. Ana Luíza veio à competição com a mãe, Luzia Aparecida.

A formação de amizades e a rica troca de experiências e é um dos objetivos dos JEPs. Os Jogos Escolares do Paraná são realizados pelo Governo do Estado, por meio das Secretarias da Educação e do Esporte e do Turismo em parceria com os municípios.

Saiba mais e confira todas as imagens em: https://www.facebook.com/jogosescolares75anos/

COM/JEPS 2016

Juliana Blume

(43)9175-7705

jublume@hotmail.com

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.