JEPs - Bom de Bola

Xadrez

06/07/2016

Conheça os primeiros colocados no xadrez convencional

Depois de cinco rodadas distribuídas em três dias de competições, as equipes campeãs do xadrez convencional finamente foram anunciadas. As disputas começaram na segunda-feira (4) e terminaram na manhã desta quarta-feira (6), no Clube de Campo Água Azul, em Apucarana.

Colégio Sepam

.

Os primeiros colocados na categoria masculino foram do Colégio Sepam, de Ponta Grossa. Eles terminaram a competição de forma invicta, com quatro rodadas de vitórias e a última com três empates.

“Ficamos isolados na tabela”, disse o atleta Leonardo Borges, de 11 anos. Ele se referia à diferença de pontuação entre os primeiros colocados e os segundos, de mais de 25 pontos. Ele também comentou que depois de vencer todos os jogos das primeiras rodadas, chegaram à última cansados, por isso acabaram empatando.

O professor da equipe, Lucas Silvestre Borges, ficou muito feliz com o resultado. “Este é o terceiro ano que o time é campeão. Essa é uma competição especial para eles, e esperamos repetir o desempenho no ano que vem”, afirma.

A equipe de Ponta Grossa competiu com apenas três jogadores. Além de Leonardo, também jogaram Lucas Millel e Clemerson Krul, de 13 anos.

C.E. Cruzeiro do Oeste

.

As primeiras colocadas na categoria feminina foram do C.E. Cruzeiro do Oeste, da cidade homônima. Essa foi a primeira vez do colégio na fase final dos JEPs, e as campeãs contam que não esperavam o resultado. “A gente não achou que ia conseguir, porque têm escolas muito boas, como a de São José dos Pinhais”, contou animadamente Kamila Souza, de 11 anos.

Para Noemi Borges, de 13 anos, a competição foi gostosa, mas difícil. As duas atletas, Jéssica Piza e Kauane de Almeida, de 12 anos, concordam com unanimidade que vão voltar para os JEPs de 2017.

Xadrez por equipes

As jogadas de estratégia no xadrez por equipe começam muito antes das rodadas começarem. Cada equipe composta por três jogadores titulares e um substituto joga em três tabuleiros simultaneamente, e a pontuação dos três jogadores é somada.

O professor e árbitro da Federação Paranaense de Xadrez, Kássio Barbosa, conta que na hora da inscrição é preciso apontar em qual dos três tabuleiros o atleta vai jogar, e que isso pode influenciar no resultado final.

“Normalmente eles colocam o jogador mais forte na mesa número dois”, conta ele. Então, se uma equipe só tem dois jogadores, pode tentar evitar o adversário mais forte.

Até a substituição deve ser feita de forma cuidadosa, prestando atenção para que cada jogador esteja no tabuleiro correto. Se a substituição for feita de forma incorreta, a equipe inteira pode ser desclassificada. No xadrez convencional, a partida pode durar até três horas, contando 1h30 para cada relógio.

Resultado:

Convencional por equipes – Masculino

1. Colégio Sepam, Ponta Grossa

2. C.E. Protásio de Carvalho, Curitiba

3. C.E. Antônio Carlos Gomes, de Nova Santa Bárbara

 

Convencional por equipes – Feminino

1. C.E. Cruzeiro do Oeste, Cruzeiro do Oeste

2. E. Rui Barbosa, Cornélio Procópio

3. C. Tradição, São José dos Pinhais

Os Jogos Escolares do Paraná são realizados pelo Governo do Estado, por meio das Secretarias da Educação e do Esporte e do Turismo em parceria com os municípios.

Saiba mais e confira todas as imagens em: https://www.facebook.com/jogosescolares75anos/

COM/JEPS 2016

Juliana Blume

(43)9175-7705

jublume@hotmail.com

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.