JEPs - Bom de Bola

Bom de Bola

09/09/2019

SANTANA DO ITARARÉ: Nos pênaltis, Colégio Estadual João Paulo II supera donos da casa e fatura Masculino 15 a 17 anos

A final do futebol masculino foi cheia de emoção no Estádio Municipal José de Oliveira, na Fase Regional de Santana do Itararé do Bom de Bola, no domingo (8). Com forte presença da torcida do município, o Colégio Estadual Huberto C Branco, equipe da casa, enfrentou a equipe do Colégio Estadual João Paulo II, de Arapoti.

 

Em campo, as duas equipes tramavam uma disputa acirrada, com muita movimentação no meio campo. Os estudantes de Santana do Itararé estiveram melhor no primeiro tempo, e aos 18 minutos, na jogada individual do camisa 10, Victor Yamamoto, abriram o placar no José de Oliveira.

 Victor Yamamoto abriu o placar para os donos da casa (Foto: Lucas Matos/JEPS)


Victor Yamamoto abriu o placar para os donos da casa (Foto: Lucas Matos/JEPS)

Saindo atrás na primeira etapa, a equipe do João Paulo II voltou para o segundo tempo com maior ímpeto ofensivo. Apesar dos seguidos ataques arapotienses, os donos da casa seguravam a vantagem com o apoio da torcida. Faltando três minutos para o fim da partida, em uma jogada do ataque do João Paulo II, uma confusão entre o goleiro e o zagueiro do Humberto C Branco resultou no gol de empate, no desvio de cabeça contra a própria meta.

 

Com o empate no tempo regulamentar, o regulamento previa a decisão do campeão nos pênaltis. E foi nesse momento que a estrela do goleiro João Vitor Kopsch brilhou. Em uma disputa acirrada, onde ninguém havia errado, coube ao goleiro do João Paulo II voar no seu canto direito para bloquear a cobrança do adversário, finalizando a disputa em 7x6.

 João Vitor Kopsch fez a defesa decisiva na disputa de pênaltis e garantiu o título regional do João Paulo II (Foto: Lucas Matos/JEPS)


João Vitor Kopsch fez a defesa decisiva na disputa de pênaltis e garantiu o título regional do João Paulo II (Foto: Lucas Matos/JEPS)

Herói arapotiense em campo, João fala sobre a defesa decisiva na disputa. “Foi muito bom, meus companheiros estavam confiando em mim. Eu sabia que pegaria esse pênalti. Agora precisamos treinar bastante para conseguir uma colocação boa na próxima fase”, explica.

 

A professora do João Paulo II, Cintia Neto, fala da superação da equipe para chegar ao título da Regional. “Esses meninos sempre foram muito batalhadores, nós não temos incentivo nenhum na nossa cidade. Nós não temos campo para treinar, eu consegui fazer três treinos no campo. Esse time vem comigo desde o sexto ano, nós estamos juntos. Eles ganharam no mérito, no jogo limpo, na raça e claro que também na técnica”, afirma a professora.

 

Acompanhe a fanpage dos JEPS

 

O Bom de Bola é organizado pelo Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, Núcleos Regionais de Educação (NREs) e Polos Regionais do Esporte, com apoio do município de Santana do Itararé.

COM/Bom de Bola
Lucas Matos
lucas.aviladematos@gmail.com

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.